Projeto "Idiomas em risco"

Um projeto que apoia a documentação e a preservação de idiomas em todo o mundo

Projeto "Idiomas em risco"

Sobre o projeto "Idiomas em risco"

Na página inicial, http://www.endangeredlanguages.com, clique em "Criar uma conta" em letras cinzentas no canto superior direito da página e siga as instruções.

For each language on this site there is a Resources tab where you can share materials related to that language. This can include a wide range of things, such as scripts for casual conversations, educational videos, culturally relevant videos, audio recordings, music, spoken word lists or academic documents. There is also a Resources tab where you can share such things as grammars, dictionaries, or articles written about the language.

As regras completas sobre conteúdo podem ser vistas aqui . Você não deve compartilhar material que é de propriedade de terceiros sem permissão. Apenas material que é apropriado para compartilhar abertamente on-line deve ser compartilhado por meio deste projeto.

De modo nenhum. Você mantém o controle sobre todo o material que você enviar, e pode editar ou remover o material a qualquer momento. Você também pode baixá-lo de volta para o seu computador, por exemplo, se você perder a sua cópia.

Yes, material uploaded to this project will be stored using products with strong infrastructure in place, such as YouTube or Google Docs. It will be safely stored online for you to access, edit or download anytime for the foreseeable future.

Este site destina-se ao material que pode ser compartilhado abertamente. Muitos benefícios podem ser obtidos por meio da partilha livre de idiomas on-line. Se você quer um espaço privado no qual você possa convidar os membros do projeto ou da comunidade, recomendamos que você vá para o Google Sites ou vários arquivos cujos protocolos lhes permitam limitar o acesso.

Qualquer conteúdo enviado pelos usuários pode ser sinalizado para remoção selecionando a opção "Marcar como inapropriado" à direita do exemplo. Se isto é feito, o material é retirado.

Qualquer um pode fazer upload de material ou adicionar comentários. Tudo que é necessário é um endereço de e-mail do Gmail ou endereço de email associado a uma Conta do Google para acessar o site. Você pode iniciar uma Conta do Google aqui.

Não.

Você pode visitar qualquer um dos itens que compartilhou e removê-los individualmente a qualquer momento. Você também pode remover todo o conteúdo submetido de uma só vez deletando o seu perfil no site, clicando no seu nome de usuário no canto superior direito, e, em seguida, selecionando a opção Excluir perfil.

Se você tem conhecimento sobre um determinado idioma, você pode ajudar a documentá-lo por meio da partilha de conteúdos, tais como listas de palavras e frases, gramática, documentos, links, vídeos e arquivos de áudio. Você também pode sugerir atualizações para as estatísticas sobre esse idioma. Para saber mais sobre como documentar um idioma, clique aqui.

Teaching and learning endangered languages is a crucial part of the revitalization process. ELP provides a space for users to browse and contribute resources (videos, documents, sound recordings, etc.) related to language learning and teaching, and to discuss their challenges and successes in language education. To see what others have contributed, or to upload your own materials to help others, visit the Language Education Resources area.

If you are interested in learning more about a specific language, you may also want to explore all the Resources available on that language, such as word lists or basic audio phrasebooks. To see what Resources are available for a language, click the "Resources" tab on that language's page. For example, if you wanted to begin learning Irish Gaelic, you might enjoy listening to some of the audio or video recordings available on the Irish Gaelic Resources page.

For discussion and news about teaching endangered languages, or if you have specific questions about how best to undertake education in your language, we also recommend the Indigenous Languages and Technology (ILAT) mailing list.

Sobre a Aliança pela diversidade linguística

A Aliança é uma coalizão global de organizações que trabalham para fortalecer e preservar os idiomas em risco. Tecnologia e colaboração podem fazer uma enorme diferença neste esforço.

Esperamos que a sua organização se junte a este esforço importante indo em Criar uma conta e selecionando a opção para criar um perfil em nome de uma organização. Isto irá adicionar a sua organização na lista de membros da Aliança e permitir que os usuários afiliem o perfil com o seu grupo. Certifique-se de usar uma conta do Gmail ou uma conta do Google afiliada com a sua organização, e não apenas o seu endereço de e-mail pessoal.

Absolutamente. Conte-nos mais sobre os seus planos preenchendo este formulário para que possamos tentar apoiar os seus esforços.

Sobre o projeto "Idiomas em risco"

Vários fatores influenciam a vitalidade de um idioma. Um idioma começa a ficar em risco quando a transmissão intergeracional começa a diminuir (ou seja, o idioma deixa de ser passado para criança como primeira língua). Conforme as gerações mais velhas de falantes falecem, há cada vez menos pessoas que falam o idioma.

Sobre o projeto "Idiomas em risco"

The language information included on the site is provided by the Catalogue of Endangered Languages (ELCat) project, a joint effort by the University of Hawaiʻi Mānoa and Eastern Michigan University. For more information about ELCat, please see About the Catalogue of Endangered Languages.

It is an unfortunate fact that for many of the world's endangered languages, very little information is available to researchers outside the speaker community. The Catalogue of Endangered Languages team has undertaken an intensive four-year search for the best available information on each language; however, in some cases, further information simply does not exist. If you have language information which is missing from the Catalogue, please contact us!

Yes. While ELP was funded by Google, ELCat is a 4-year academic project funded by the US National Science Foundation. It has the goal of updating and correcting the available vitality information about the endangered languages of the world. It began in 2011, and will cease to be actively funded at the end of 2015..

In Phase I, the ELCat team selected the languages to be included on the site and reviewed information on them in publications and in web resources, concentrating on speaker numbers and language vitality. In Phase II, the ELCat team has worked to maintain, update, expand, and verify language information on the site, an effort that will continue long into the future. Phase II also involved monitoring and improving the ELP website to facilitate language documentation and user engagement.

New information will be sought and existing information corrected to complete the fields of information on each language. Documentation and revitalization projects, organizations, and individuals in positions to know or be able to find out will be contacted for current information. Grammars, lexicons, and other sources on the languages will be consulted and evaluated, and on this basis the index of the documentation for the language will be calculated. At the end of its funded period, ELCat will still be maintained and updated by language researchers on a volunteer basis.

For information from the Catalogue of Endangered Languages, cite as:

Catalogue of Endangered Languages. 2015. The University of Hawaii at Manoa and Eastern Michigan University. http://www.endangeredlanguages.com

For general information from a language entry (e.g. language names, classification, or vitality status), cite:

"LANGUAGE NAME." Catalogue of Endangered Languages. 2015. The University of Hawaii at Manoa and Eastern Michigan University. DATE OF ACCESS. < FULL URL OF SPECIFIC LANGUAGE PAGE >

For example:

"Xipaya." Catalogue of Endangered Languages. 2015. The University of Hawaii at Manoa and Eastern Michigan University. Sept. 29, 2014. http://www.endangeredlanguages.com/lang/1001

Almost all information in the Catalogue of Endangered Languages includes a citation of the original source which provided this data (e.g. journal article, book, personal communication, etc.). You can find citation information at the top of the "Language Information by Source" box on each language page; if you wish to reproduce data such as speaker numbers, you may cite the original source provided there.

Users are highly encouraged to suggest improvements to the Catalogue by clicking the "Suggest a Change" tab at the top of each language page, or by emailing us. All suggested changes will be verified for accuracy before changes to the Catalogue can be made.

Veja o modelo de dados do Catálogo de Idiomas em risco para saber o tipo de dados que coletamos para cada idioma, embora nem todos os campos de dados tenham informações neles contidas. No entanto, para que as informações apresentadas sejam incluídas no site é preciso que tenham uma fonte bibliográfica precisa.

Os critérios para inclusão no Catálogo de Idiomas em risco foram estabelecidas no workshop internacional "Pesquisa colaborativa: informações sobre idiomas em risco e infraestrutura do projeto" apoiado pela Fundação Nacional da Ciência dos EUA. Eles incluiram informações sobre a vitalidade dos idiomas, tais como o número absoluto de falantes, se o idioma está sendo passado para os filhos, se os números de falantes estão em declínio, se os domínios de uso estão declinando, a proporção de falantes em relação à população étnica global, etc. Os idiomas considerados em risco nesses critérios são incluídos.

Para sugerir um novo idioma para o Catálogo, preencha o formulário de sugestão de idioma.

Se um idioma que você sugeriu não foi adicionado no site é porque ele foi avaliado por especialistas em idiomas nessa região do mundo e não preencheu os critérios de inclusão do projeto. Isso pode envolver vários fatores: o idioma já foi incluído com um nome principal diferente, é apenas uma variedade (dialeto) de um idioma maior ou não está em risco de acordo com os critérios utilizados aqui. Quando um idioma não está suficientemente em risco pare ser incluído neste Catálogo é algo a ser comemorado, porque isso significa que o idioma é relativamente saudável.

Infelizmente, não há uma resposta fácil. Os "idiomas" e "dialetos" são definidos em uma variedade de formas diferentes. O critério linguístico mais comum para distinguir um idioma de um dialeto é inteligibilidade mútua . Se as pessoas de diferentes regiões falam um pouco diferente, mas entendem muito bem uns aos outros, então eles falam dialetos de um mesmo idioma. No entanto, este critério linguístico não é o único utilizado para distinguir idiomas de dialetos. Às vezes, a decisão baseia-se em fatores políticos e sociais. Como Max Weinreich teria dito, "o idioma é um dialeto com um exército e uma marinha", o que significa que a decisão de considerar algumas entidades como idiomas distintos depende de fatores não linguísticos. Por exemplo, os falantes de sueco e norueguês entendem uns aos outros razoavelmente bem, mas por razões políticas são considerados idiomas distintos. Para efeitos do Catálogo de Idiomas em risco, financiado pela Fundação Nacional da Ciência dos EUA, damos prioridade a critérios linguísticos, principalmente inteligibilidade mútua, embora os fatores sociais e políticos também são importantes.
Em alguns casos, as entidades podem estar na fronteira entre ser bem diferentes dialetos de um único idioma e sendo idiomas muito intimamente relacionados, e, nestes casos, pode ser difícil determinar o grau de inteligibilidade mútua, que pode ser parcial, não totalmente ausente, nem totalmente presente. Nesses casos, as opiniões sobre se são meramente dialetos de um idioma ou pertencem a diferentes idiomas podem variar. Nesses casos difíceis, o Catálogo inclui as entidades em questão e registra a variação de opiniões envolvidas.

Os nomes dos dialetos em risco, onde bem conhecidos, aparecem com a entrada para o idioma do qual o dialeto em questão pertence. Por exemplo, "Plains" e "Hills", os dialetos do idioma Gta, são ambos representados na página do idioma Gta.
Nos casos em que não é claro se as variedades constituem idiomas distintos ou são dialetos de um mesmo idioma, temos dado as variedades sua própria entrada no Catálogo, mas com indicação das diferentes opiniões sobre o status.

A maioria dos idiomas que recentemente perderam os seus últimos falantes provavelmente são verdadeiramente já não falados; no entanto, é possível que alguns falantes desconhecidos ainda possam aparecer. Por essa razão, damos a esses idiomas o benefício da dúvida. Estes idiomas estão todos incluídos no Catálogo de Idiomas em risco, juntamente com o que é relatado em fontes sobre o seu status. Veja a tabela 1 do documento Idiomas silenciosos para uma lista destes idiomas.

Alguns idiomas não aparecem (ainda) no mapa porque a equipe de pesquisa ainda não encontrou informação confiável sobre a sua localização. Se você tem informações confiáveis sobre onde um determinado idioma é falado, pedimos que você compartilhe esse conhecimento clicando no botão "Adicionar informação" na parte inferior da página do idioma.

É necessário incluir todos os nomes pelos quais um idioma seja ou tenha sido conhecido, mas, ao mesmo tempo, é importante indicar todos os nomes que são considerados censuráveis. Isso é necessário porque:

  • Às vezes, um usuário pode não saber que um nome pelo qual o idioma é conhecido é ofensivo ou pode não saber nenhum outro nome pelo qual procurar o idioma. Esses termos devem ser listados, mas também identificado como censuráveis, então os idiomas podem ser procurados de forma eficaz. Ao mesmo tempo, a sua inclusão informa aos usuários sobre os nomes considerados ofensivos.
  • Alguns termos podem ser considerados censuráveis apenas por alguns falantes, mas não por todos, ou apenas por pessoas de fora, mas não por membros das comunidades cujos idiomas estão envolvidos.
  • Em alguns casos, os documentos anteriores sobre um idioma podem usar um nome que não era depreciativo e só mais tarde passou a ser considerado ofensivo.

Adições e alterações propostas para as informações do Catálogo devem ser verificadas; isso é feito por uma equipe internacional de pesquisa, a fim de garantir precisão e integridade acadêmicas. A equipe de pesquisa pode processar as sugestões no próximo dia como também pode levar várias semanas para processar. Tenha certeza, porém, que, mesmo em caso de atraso, nós queremos ter estas sugestões e a sua contribuição está sendo processada.

Suggested additions to or changes in the database may not be accepted for a number of reasons. Common reasons include:

  • Relevance: Some information may be interesting and valuable, but does not belong to the kinds of information presented in the Catalogue. The Catalogue focuses on information such as the number of speakers, locations, and vitality information. Other kinds of information should be shared in the Knowledge Sharing forums, or on a language’s Google Group, and should not be submitted to the "add information" link at the bottom of each language page.
  • Appropriateness: Does this suggested change contain anything disrespectful of the speakers or their culture or considered objectionable by members of the group whose language is involved? Changes of this sort are not made in the Catalogue.
  • Reliability: What is the source of this information? The Catalogue can accept only suggestions which are clearly from reliable sources. The more information you give about where the information comes from, the more likely it is that the suggestion will be adopted.
  • Insufficient information: In some instances, we are unable to make changes that are recommended because insufficient information is provided. If you can, please supply sufficient information so that the research teams can verify for the suggested change.

If you have further questions as to why your suggestion was not implemented, please feel free to contact us.